quarta-feira, abril 20, 2011


E agora?

1
Oi Alda, namoro há três, um rapaz, o amo muito e não consigo me imaginar sem ele, estávamos noivos e pretendíamos nos casar ainda esse ano, ele tem duas filhas de outro relacionamento que adoro, porém apareceu uma outra filha agora, também de outro relacionamento, que ele não sabia existir, mas eu não consigo aceitar. Não quero que ele tenha contato com ela, mas também não quero perde-lo. Me ajude!                            F.B (Belo Horizonte-MG)


Cara amiga,


É realmente uma situação conflitante mas, tentarei ser bem direta em minha opinião, ok! Não há nada neste mundo mais importante que um filho, imagino que sendo um bom pai,ele vai querer se aproximar da garota. Até entendo o que você esteja sentindo, uma moça, sempre espera casar pra começar a formar uma familia, mas se você já aceitou as outras  filhas dele, aceite a essa também, ela não tem culpa de ter nascido, e fazendo isso vocês conseguiram ter um relacionamento sem conflitos. Se ele quer ver a filha, vai junto... a ame, da mesma forma que você escolheu amar as outras.


Sei que você tem uma escolha difícil pela frente: ou você aceita ele com tudo o que vem junto, ou você termina esse relacionamento. Esse lugar "em cima do muro", aonde você nem aceita ele com tudo o que vem junto, nem o larga, é um lugar muito sofrido para todas as pessoas envolvidas. 
Ou seja, tanto a filha como a "mulher" vão fazer parte da sua vida enquanto você estiver com ele. Aceitar ficar com ele, significa permitir que, principalmente, a filha dele faça parte de sua vida e necessariamente a mãe da criança participará também. Se você gosta dele, quer vê-lo feliz, é complicado pedi-lo para abrir mão da própria filha, ou para ter que escolher entre a filha e você. 

Entendo que a convivência com essa mulher e essa filha seja insuportável para você. Por outro lado, acho bastante possível aceitar essa mulher e a filha e ter uma convivência saudável com essa outra parte da vida dele. Para isso, uma psicoterapia para você ou para o casal pode ajudar muito. O mais importante é que você consiga escolher: ou ele e tudo dele ou o fim do relacionamento.
   Espero que isso ajude você!
    Alda

1 comentários:

♥♥♥Gi♥♥♥ disse...

Na minha opinião você deveria pensar sobre o que é mais dificil pra você: conviver com a filha do seu namorado ou terminar com ele.Se coloca no lugar dele e vê o que ele esta achando dessa situação.

Postar um comentário